domingo, 10 de fevereiro de 2008

Mais uma dia, mais uma vergonha

Hoje lá fomos novamente passear o Timon, oferecendo-lhe mais de uma hora de brincadeira intensa com vários amigos de quatro patas. Pois, tudo isto seria muito bonito se o meu Timon adorado (leia-se 'adorado' da forma mais sarcástica possível) não fosse o destrambelhado que é.

Quando saímos com ele e o soltamos já sabemos que temos que ter quatro olhos em cima dele porque ele tem a concentração de um peixinho dourado e tudo lhe chama a atenção. Pode num segundo estar muito bem, como ver um saco de plástico a voar e ir a correr atrás dele. Quem diz um saco de plástico, diz um papagaio que um pai está a lançar com o filho, todas e quaisquer bolas que lhe chamem a atenção, independentemente de estarem a ser utilizadas por outras pessoas, etc, etc, etc...

Hoje, como se isso não fosse suficiente, decidiu fixar-se no chapéu de uma criancinha que estava deliciada com o grupo de cães no qual estavamos inseridos. Devia ser uma criança com cerca de dois anos, que andava ali no meio dos cães sem absolutamente medo nenhum (adorei ver). No meio daquilo tudo o chapéu da criança cai e CLARO que o monstrengo tinha que ver naquilo um brinquedo. Pegou no chapéu e começou a correr feito louco como se tivesse ganho a lotaria.

Imaginem o meu pavor e o do dono quando vimos a correr no meio da relva a abanar a cabeça como que a matar o chapéu ao abanão. E escusado será dizer que aquilo foi um jogo do apanha que estava condenado à partida. Foi preciso várias bolas imaginárias a serem atiradas da minha mão em plena corrida para que ele, atraído pela busca da bola, largasse o chapéu.

Quando finalmente conseguimos apanhar o chapéu, estava um bocado mais sujo, langonhado e não sei se totalmente intacto. Eu ainda perguntei à mãe da criança se estava estragado, ao que ela respondeu que não e guardou-o todo enrolado.

Resta-me salientar que a história podia ter acabado comigo a pagar um chapéu novo não fossem aqueles pais terem tão bom humor e terem levado tudo na brincadeira. Na minha sincera opinião, pelo pequeno vislumbre que tive do chapéu pós-Timon, acho que nunca mais vai ser usado... pode ser que esteja enganada :s

5 comentários:

Doushura disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Margarida disse...

Foi digno de se ver ... o vosso esforço para lhe chamarem á atenção ... ao Timon, claro ... pois a pequenita estava deliciada com a brincadeira !!!

Rocky disse...

He He He Mais um momento cómico do Timon!

Thor disse...

Somos retriever!

Thor

Spike disse...

Boa amigo, eu também não perco uma oportunidade de fazer uma asneira. Os donos é que parece que não acham muita piada. Porque será?
Mais um momento em grande, eh eh.