quarta-feira, 1 de julho de 2009

Solução perfeita

Para quem não gosta de correr (eu), não gosta mesmo nada nada de correr (eu), assim como que detesta correr (eu), mas ao mesmo tempo tem que cansar um cão que se farta rapidamente de correr sozinho atrás das bolas (eu), apresento a solução perfeita!


Pontos positivos: cansa-se o cão, faz-se exercício e ao mesmo tempo é divertido.

Pontos negativos: não aconselhado a pessoas que tenham monstros com molas incorporadas. Digamos que assim do nada, quando estamos de costas, existe sempre a possibilidade de poderem vir a correr com a 5ª engatada e saltarem para as nossas costas sem sequer pensarem em travar. Claro que isto é um "suponhamos" porque é mais que óbvio que o meu anjinho bem comportado nunca me fez nada disto :s Puramente hipotético :s Só porque há pessoas que não tiveram tanta sorte como eu e podem ter um cão cheio de "desorientação" dentro da cabeça (as linhas anteriores destinam-se a ser lidas com ironia nível 10).

Não posso deixar de agradecer à minha "professora" de patins em linha, graças a quem já me desenrasco. À Zhyph o meu obrigada :)

6 comentários:

Zhyph disse...

:D hehehe, quando vamos andar de novo, ahn? ;)

Pipa disse...

Patins em linha?!
Sofia, eu tenho de experimentar isso. A sério que dá resultado? E se, isto é um suponhamos, a Pipa destaar a puxar a trela como se tivessem começado os saldos caninos 300 m mais à frente? os trambolhões doem? É difícil?

TENS de me ensinar.

:)

Zhyph disse...

Hum... com trela aconselhava a teres um pouquinho (mas só um pouquinho) mais de confiança antes de fazeres um "jet canino inline" LOL... Mas qdo experimentares chama-me para ver ;)

Sofia disse...

Pois é, eu não me aventuro (mesmo) a andar com ele com trela. Os trambulhões são mais umas quedas de rabo mas tendo protectores de pulso (para amparar a queda)está-se bastante bem ;)

Sara Alves disse...

ok, eu fiz esta experiência uma vez há uns anos com o Spok (cão do Ricardo - Beauceron de 50 kg). Digamos que, quando um monstro se lembra de passar por baixo das nossas pernas... utilizando-as como um túnel... e a cabeçorra gigante dele é alta de mais para conseguir passar, o resultado é:
Uma sara no chão, um cão super feliz em cima dela a lambuza-la toda :)
nunca mais voltei a tentar...
bj

Uma dona babada disse...

nada que não me tivesse ocorrido antes, mas... ainda não tive coragem. já fui operada ao joelho duas xs e tenho mesmo muito medo de cair - o que seria quase certo... pelo menos com a Emma, que tem o feitio do Timon, não tanto com o Sushi (que em comum com o Timon tem apenas o tamanho, pk de resto é um santo).

beijinhos e boas passeatas - e quedas :P