sexta-feira, 3 de julho de 2009

Curta metragem (parte 2) - O trágico final

Na manhã seguinte...

Os bocadinhos em falta encontravam-se espalhados pela varanda e certamente pelas entranhas do mostrengo.

O FIM


Polli, como vês, se calhar o Timon é mesmo a alma gémea da Vicky ;)
(para quem está a apanhar do ar, ver comment da Polli Peste ao post anterior)

3 comentários:

Pipa disse...

BRAVO!


BRAVO!


CLAP CLAP CLAP (Paw claping)

CLAP CLAP


BRavo, Timon!

Polli Peste disse...

Match made in heaven!!! Não sei o que será mais aguçado: se os dentes deles, se a malvadez de não se contentarem com a despesa, obrigando nos a andar de vassoura e aspirador sempre a postos!!!
Será que fazem brinquedos de liga de aço para cães?

Beijinho*

Sara Alves disse...

adivinho um cócó multicolor...