sexta-feira, 25 de julho de 2008

Reflexo condicionado

O Timon não é um cão fácil de ensinar. Em casa responde muito bem mas na rua prefere andar atento ao que o rodeia do que receber um biscoito por se portar bem :s Apenas com dois ou três meses conseguimos ensinar-lhe o sentar, deitar, dar a pata. O andar junto tem sido uma batalha constante. Se ele fosse burrinho, coitado, eu desculpava. A questão não é essa! Ele aprende SOMENTE E APENAS aquilo que lhe interessa aprender.

O sentar é o que ele faz melhor, calmo ou excitado, obedece 95% das vezes. O andar ao lado já é outra conversa. Quando o vamos passear de trela vamos sempre a insistir. No entanto ele normalmente adianta-se porque a energia é demasiada e para ele andar devagar ao lado deve ser como dizer aos pássaros para andarem e não voarem :s Normalmente paramos para ele não poder avançar mais e dizemos 'junto'. Ele, coitado, não tem outro remédio e muito resignado dá um passo para trás como que a perguntar se é o suficiente. Nós insistimos e ele lá vem em marcha-atrás até estar ao nosso lado. Mas pronto... é uma batalha que nós havemos de vencer.

Isto tudo para dizer que é um interesseiro de primeira apanha. Ele sabe bem identificar os comandos. Simplesmente opta por ignorar.

Tanto não é parvo que até apanha os estímulos que não lhe ensinamos. Vou quase todos os dias passear com ele para o jardim, vamos ter com a Maggie e os donos e normalmente comunicamos o encontro por mensagem. Pois não foi preciso mais de uma semana para ele perceber que ao fim do dia quando ouve aquele toque vindo daquela coisa cinzenta, isso significa ir brincar com a amiga para o jardim. Mesmo que eu receba uma mensagem ao fim da tarde que seja de outra pessoa, ele vem para ao pé de mim todo irrequieto para eu me despachar para sair.

Tal é que no outro dia recebi uma mensagem e não fui ter logo com o telemóvel de propósito e como diz o ditado "se Maomé não vai à montanha,...". Lá veio ele ansioso como que a dizer "Não ouviste, não ouviste, aquilo tocou, aquilo tocou, vai lá ver...".

É muito esperto... para o que lhe interessa!

6 comentários:

EboRâguebi disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Thor disse...

Eu faço a mesma coisa durante os meus passeios. Aprendi alguns comandos mas o junto eu não obedeço mesmo.;)
Bom fim de semana!

Thor

Luna disse...

Olá Timon,

A Luninha não é tão endiabrada como tu, mas anda lá bem perto!!! Treino só em casa, na rua é cada um por si, só ouve o que lhe interessa e certamente não é a voz dos donos, os brinquedos duram umas horas naquela bocarra ... lol
Admiro a vossa persistência no treino, devo confessar que nós acabamos por ceder perante tamanha teimosia!
Lambidelas da Luna...

Spike disse...

Acho que somos farinha do mesmo saco, amigo.
Inteligência realmente é o que não nos falta, mas gostamos de a utilizar apenas para o que mais gostamos. Eh eh.

Van Dog disse...

O Timon é bem capaz de sofrer de surdez selectiva... ;)

O Rocky disse...

Eu tambem sou assim. Aprendo só o que qero, e mais nada.

Quem nao gosta, azar! xD