quinta-feira, 10 de julho de 2008

O monstro adormecido

Ultimamente, quando chegamos a casa ao fim do dia, deparamo-nos com o monstrengo ainda ferradinho no sono da tarde. O chalé (casota) dele está numa ponta da varanda virada para a janela da sala que é para quando chove, a chuva não entrar lá para dentro, e ao lado da casota normalmente coloco o entendal da roupa com o edredon dele a servir de toldo para ele se abrigar do sol que bate na varanda da parte da tarde. Assim, não tem sido raro encontrá-lo deitado entre no bocadinho de espaço entre a casota e a janela da sala. Não percebo porque é que ele gosta tanto daquele bocadinho. Mesmo quando estamos em casa, não é raro ir lá dar com ele deitado. Ali está todo apertadinho naquele cantinho.

Aqui ficam as fotos do belo adormecido. Não tenho nenhuma dele no nicho mas tenho dele dentro da casota. Foi a única que o apanhámos (o dono apanhou) dentro da casota a dormir.

O mais engraçado é vê-lo acordar quando abrimos a janela, todo estremunhado eheheh. Lindo de se ver.




4 comentários:

Davis, o nosso shar pei disse...

És tão bonito!

Thor disse...

O Timon é mesmo muito bonito! Lindas fotos!
Bom fim de semana!

Thor

Celina disse...

Tivemos o prazer de conhecer o Timon este Domingo em casa da Sabrina. Estamos rendidos ao charme do monstrinho. Quem diria que aquela bolinha de pêlo se iria transformar neste tanque de combate? ;) Felicidades para o Timon e para os donos, que bem merecem! Um trio fantástico!
Beijinhos e abraços,
Celina e João

Spike disse...

És mesmo muito lindo amigo.