domingo, 15 de fevereiro de 2009

Aborrece-me...

... quando eu vou a passear com o Timon pela trela e as pessoas que vão do outro lado da rua ou kms de distância de nós começam a assobiar e a chamá-lo. Será que não percebem que está com trela? Será que não percebem que estão a excitar o cão em vão? Será que não o conseguem ver sem ter que o chamar a distância? Será que não percebem que eu tenho um monstro que é destrambelhado dum todo e o passeio torna-se... digamos... menos calmo?

Não me importo nada e até gosto que as pessoas lhe façam festas e o cumprimentem. Mas por amor de Deus, só o chamem quando estão perto dele! E há pessoas que o chamam e assobiam e não pretendem sequer chegar perto dele, é só para ele se virar. E nós, os donos de cães destrambelhados e com muita força, como é que ficamos? Já pensaram em nós?

6 comentários:

Uma dona babada disse...

ainda hoje isso me aconteceu e por causa de uma atitude pouco reflectida das pessoas em causa os meus cães iam sendo atropelados. e depois quem quase tem um ataque cardiaco sou eu!!! hmpf!!!

Uma dona babada disse...

ainda hoje isso me aconteceu e por causa de uma atitude pouco reflectida das pessoas em causa os meus cães iam sendo atropelados. e depois quem quase tem um ataque cardiaco sou eu!!! hmpf!!!

Sara Alves disse...

Timon! a tua cama ainda está intacta! estou maravilhada :)
és lindo!

pois, quanto às pessoas que chamam... mas depois não chegam ao pé do canito.. não há nada a dizer!

beijinhos

Pé de Meia disse...

Olá Timon!

Deixei uma lembrança para ti no meu blog.

Beijinhos e continua a portar-te bem! :)

Carla (Paikea) disse...

Eu começo a achar que os cães são mesmo todos iguais, com variantes mínimas. Os goldens então, nem vou comentar... arranjei uma trela espectáculo, da Ruffwear, que dá para pôr na cintura. A coisa corre lindamente numa rua quase vazia, ou no meio de pessoas que andam nas suas vidinhas e sobretudo sem cães. Se calha alguém aproximar-se da Pipa para fazer uma festa, chamá-la ou se, por um lance fatídico do destino, aparece um cão... lá vou eu, Pipa, trela, tudo ao molho e fé em Deus. Não falta muito até a vizinhança me ver arrastada, no chão, com ela a puxar-me, desvairada, só porque acha que viu um passarinho do outro lado (e afinal era um guardanapo sujo).

Isto não será motivo para fazer a associação DDFADDSC (Donos Desprotegidos Face ao Destrambelhamento Dos Seus Cães)?

Sofia disse...

Carla,

Eu voto nisso :s