segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Friday night - castanhas party

Na sexta-feira fomos jantar com uns amigos. O Timonstro não deve ter gostado de ter ficado em casa sozinho numa sexta-feira à noite (quem gosta?) e, por isso, decidiu arranjar amiguinhos novos.

Então, imagino que para comemorar a chegada da época das castanhas, resolveu fazer uma "Castanhas Party" de arromba nesse sítio popular que é o nosso tapete da sala. E quem é que ele decidiu convidar? O meu lagarto colorido de ferro e a pequena planta que se instalou recentemente no armário da televisão (é sempre bom interagir com os novos vizinhos).

A festa foi tão fantástica que quando chegámos a casa, estavam todos completamente wasted no tapete da sala. Todos menos o Timon que, como um bom anfitrião, foi-nos receber à porta com o maior dos sorrisos.

Uma festa de sucesso, só pode! Àquela hora o espectáculo era deprimente. A planta já sem terra, toda esfaralhada pelo chão, e o lagarto de pernas para o ar alguns dedos todos encarquilhados (relembro que o lagarto é de FERRO) e castanhas e terra por todo o lado...




A planta nunca mais ultrapassou a vergonha de ter sido apanhada naqueles propósitos e, desde sexta-feira, já tentou suicidar-se por duas vezes, coitadinha! Chegámos a casa ontem à noite e lá estava ela toda espalhada pelo chão. Hoje, chego do trabalho e ela tinha-se atirado novamente para o chão... de livre e espontânea vontade! Aposto que o Timon, coitadinho, não pôde fazer nada porque se tivesse podido, de certeza que teria ajudado. Aquilo a planta deve tê-lo apanhado distraído e aproveitou para mergulhar directa ao chão... só pode...

6 comentários:

Zhyph disse...

Sabes que é exactamente por esta "sensibilidade à flor da pele" que as plantas têm que decidi ainda não me arriscar em nenhuma para a minha casa. Pois tenho a certeza que, apesar de todos os dramas das senhoras plantas,os meus dois gatos as receberiam de dentes abertas! Ups! Braços abertos... claro!
Mas eu n consigo sujeita-los a isso... tadinhos!

Uma dona babada disse...

como eu me farto de rir. já nao sei se é das tropelias do Timon ou da maneira tão cómica que tens de as descrever. este blog é muito terapeutico. ta um tempo horrivel la fora e eu para aki a rir.
quanto a plantas... lá em casa só bambus mesmo. e já quis ter cactos mas diz a superstiçao que eles afastam o amor... enfim, coisas da minha mae, nao me deixou levar os meus cactos comigo quando casei.
nós concentramo-nos em que as plantas sobrevivam. nao aos caes, mas a nós.
mas lá esta, bambu é só água, nao há terra no vaso, logo nao há tanto appeal...

Pipa disse...

Ó Sofia, tu decididamente tens de escrever um livro! Rio-me tanto contigo e com as aventuras do teu monstro... parece que tou a ler a segunda edição do MArley e Eu... tens mesmo jeito!


Olha, que tal uma praia com os monstros neste fds?

Van Dog disse...

Timon, bela festança, hem?

:D

É verdade que é sempre divertido vir a este blog.

Luninha disse...

oh meu Deus! estou para ver quando a minha luna crescer... =) o blog ta um espectáculo ;) vou segui-lo. se quiseres dar uma espreiradela no meu: lunaeamigos.blogspot.com

Rute disse...

olá,
estou a ver que continua a fazer umas belas traquinices,ehehe

Beijinhos