segunda-feira, 5 de novembro de 2007

A saga da ração

Até para comer este animal tem que ser diferente!

A ração habitual simplesmente deixou de a comer, mesmo com incentivos como biscoitos esmigalhados lá dentro, como forma de brincadeira, etc. (tentámos de tudo antes de desistir da ração) Só a primeira refeição depois da saca aberta é que comia, a seguinte já voltada à mesma greve. Agora estamos a experimentar uma ração nova e esta lá vai comendo. Mas alto lá! Nada de grandes extravagâncias porque tem que fazer o seu número de picuinhas e esquisitinho...

Primeiro tem que ser 'atraído' para a tigela da ração com um biscoitinho à frente do nariz; depois deixo cair umas migalhas do biscoito dentro da tigela e só assim é que ele lá vai provar, e finalmente lá se presta a comer. Isto claro, intervalado com umas voltas a uma rotunda imaginária no meio da cozinha que se desenhou dentro daquela cabeça. Ah pois é! Ele come uma porção pequena e vai dar uma volta de 360º no meio da cozinha como se tivesse a contornar uma rotunda (umas vezes são umas rotundas maiores, outras mais pequenas).

Outra condição que se tem que verificar é a companhia! O monstrengo não come sozinho. Normalmente tenho que ficar por perto, muitas vezes sentada num banco perto dele, e ali fico parada, sem fazer grandes movimentos para não o distrair. Se eu saio da cozinha ou faço algo que não é habitual, é o bastante para ele desistir de comer :s

Por fim, não podem haver distrações de espécie alguma (daí eu ficar relativamente quieta enquanto ele come). Não podemos criar qualquer tipo de situação que desperte o mínimo interesse dele porque senão é desistência na certa... Até uma mosca a passar ou um barulho na escada do prédio é motivo para ele perder o interesse pela comida.

Agora se me perguntarem se ele tem falta de apetide eu respondo com toda a certeza que NÃO! O menino pela nossa comida tem todo o interesse. Também tem azar porque não lha damos mas se dessemos era ver o fundo da tigela sempre com o lustro puxado! É fino o menino!

3 comentários:

claudia.filipa disse...

Olá ;)

Deve ser giro que ver o Timon e as suas rotundas imaginárias... filma lá para nos vermos ;) Mas deve ser stressante quando ele não come, já falaste à Cristina sobre o assunto, ela conhece alguns truques que podem funcionar!!

No Domingo nós saimos da expo deviam ser umas 18.30 / 18.45... estivemos no parque do Tejo, sabes onde é?

Beijinhos

Carlos Costa disse...

Olá,

Se lhe estás a dar ração e ele não come muita, ou não se mostra muito entusiasmado para comer experimenta misturar duas colheres de sopa de comida húmida pela ração. É quase sempre fatal! Eles normalmente comem tudo!!!

Também na idade do Timon deves dividir a porção diária por duas vezes ao dia (tipo uma vez às 8h e outra às 18h). Mas é normal a reacção dele. O meu Ruca também faz isso muitas vezes e não é culpa da ração.

Um abraço.

Carlos Costa

Sofia disse...

Carlos,

O Timon come duas vezes por dia e a culpa não é da ração. O menino é que é esquisito para caramba... Mesmo com a ração nova se faz de difícil para comer :s

Bjs

Sofia